Chuvas serão mais frequentes a partir do próximo dia 15 no Ceará

FOTO: ALEX PIMENTEL
O sertão Central foi a terceira região a
registrar mais chuvas na pré-estação
Conforme a Funceme, a pré-estação de 2012 registrou índice de chuvas 54,5% menor do que a média histórica
Fortaleza As precipitações da quadra chuvosa deste ano - a qual tem probabilidade de 40% de estar dentro da média histórica - devem ser mais observadas a partir da segunda quinzena deste mês. De acordo com informações da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a partir do dia 15, as chuvas deverão ser registradas com maior frequência em todo o Estado.

Conforme a meteorologista da Funceme Angélica Oliveira, a Fundação também concluiu o balanço da pré-estação chuvosa de 2012, que envolve os meses de dezembro e janeiro últimos. Nesses dois meses, informa, a média de chuvas, no Ceará, foi de 55,8mm. O dado, acrescenta, é 54,5% menor do que a média histórica de chuvas no Estado, que representa, 122,7mm.

Segundo a meteorologista, a baixa incidência de chuvas foi causada pela presença de um sistema de alta pressão, o qual reduz a umidade da atmosfera e inibe a formação de nuvens e chuvas. Todavia, destaca, o sistema de pressão, que costuma durar de 30 a 60 dias, não gera influência sobre a quadra chuvosa que tem início neste mês.

Angélica afirma ainda que a Funceme também aguarda a definição sobre a configuração do Oceano Atlântico Sul, que representa um dos fatores que pesam sobre a incidência de chuva no Estado. O aquecimento do Atlântico Sul, explica, faz com que a Zona de Convergência Tropical - um dos elementos responsáveis pelas chuvas nesse período - se desloque até o Nordeste.

Segundo o prognóstico divulgado pela Funceme, há 35% de chance das chuvas desta quadra chuvosa serem abaixo da média histórica e 25% de probabilidade de superarem o parâmetro.

A Funceme também prevê que, em determinadas regiões, como o litoral, será registrada uma média maior de precipitações. Em outros pontos do Estado, entretanto, existe uma probabilidade maior de que as chuvas fiquem abaixo da média. Ao contrário do que aconteceu nos dois últimos meses, a pré-estação chuvosa de 2011 foi maior do que a média histórica. Em dezembro de 2010 e janeiro de 2011, choveu 319,5mm no Estado - número 60,8% maior do que a média história à época.

CHUVAS DEZ/JAN
Macrorregião mm
Cariri 109,6

Jaguaribana 57

Sertão Central e Inhamuns 56,2

Maciço de Baturité 53,2

Ibiapaba 47,6

Litoral Norte 32,7

Litoral de Fortaleza 31,3

Litoral de Pecém 19,1

Mais informações
Funceme

Avenida Rui Barbosa, 1246

Fortaleza

Telefone: (085) 3101.1088

Fax: (085) 3101.1093

REPÓRTER: JOÃO MOURAFonte: Diário do Nordeste-Regional