Dia Mundial da Saúde - 07 de Abril

O dia mundial da saúde foi criado em 1948, pela Organização Mundial de Saúde (OMS), através da preocupação de seus integrantes em manter o bom estado de saúde das pessoas do mundo, bem como alertar sobre os principais problemas que podem atingir a população.

Ter saúde é garantir a condição de bem estar das pessoas, envolvendo os aspectos físicos, mentais e sociais das mesmas, em harmonia, definição dada segundo a OMS.

É necessário que informações acerca da higiene, doenças, lixões, aterros sanitários, dentre outras, cheguem à população, pois dessa forma o governo faz um trabalho preventivo, melhorando a saúde da população e diminuindo gastos com a saúde pública.

Sendo de responsabilidade dos governantes, a saúde pública deve ser levada a sério tanto pelos municípios, estados e governo federal. Esses devem cuidar de aspectos ligados às suas responsabilidades, capacidades e verbas.

O saneamento básico é um desses aspectos para se manter a saúde de uma população, pois garante que a água tratada chegue até nossas casas e que as redes de esgotos estejam devidamente encanadas, diminuindo os riscos de contaminação por bactérias.

Campanhas de vacinação também é uma forma preventiva de cuidar da saúde das pessoas, pois através delas é possível evitar doenças e epidemias entre as pessoas.

Participar de pequenas associações também é uma forma de buscar informações sobre a manutenção da saúde, pois estas estão diretamente ligadas a governantes, que devem assumir tais responsabilidades; promover discussões e reflexões visando maior amplitude do tema, buscando soluções para manter o saneamento ambiental, garantindo o desenvolvimento social e econômico de um país.

Outra forma de garantir a saúde de um povo é dando-lhes condições dignas de trabalho, a fim de proporcionar ganhos o suficiente para manter uma alimentação de qualidade. Através de uma boa alimentação as pessoas adquirem uma forma saudável de manter a saúde própria, evitando despesas com planos de saúde e remédios.
Hospital Regional Dr. Deoclécio Lima Verde

Por um Limoeiro Saudável

As nossas primeiras lembranças quando se fala em saúde são assistências médicas, hospital, remédio... Essas coisas, no entanto, constituem apenas um componente no campo da saúde. Muitas vezes, é mais importante ter água potável, ambiente e alimentos saudáveis. Tudo isso, quando bem feito, resulta em um bom nível de saúde pública. Saúde pública é mais do que o somatório da saúde das pessoas. É instrumento para o desenvolvimento social e econômico e está intimamente relacionada com a paz, educação, habitação e eqüidade.
Mas infelizmente o poder publico não tem se empenhado em nus dar as mínimas condições necessárias para termos unha Saúde diguina.Principalmente na questão humanitária ,onde deziguinam “Profissionais” que não tem o mínimo respeito ao cidadão,onde dão as costas ao atendimento por qualquer motivo relevantes, e quando atendem  não fazem os procedimentos Corretos como pedidos de exames e com isso os erros são mas freqüentes.
POR FAVOR. Srs. Da Saúde, cumpra seu juramento:

“Prometo que ao exercer a arte de curar,

Mostrar-me-ei sempre fiel aos preceitos da honestidade,
Da caridade e da ciência.

Penetrando no interior dos lares,
Meus olhos serão cegos,

Minha língua calará aos segredos que me forem
revelados,

Os quais terei como preceito de honra.

Nunca me servirei da profissão para corromper
os costumes,  Ou favorecer o crime.

Se eu cumprir esse juramento com fidelidade,

Goze eu, para sempre, a minha vida e a minha arte,

De boa reputação entre os homens.

Se os infringir ou deles me afastar,
suceda-me o contrário.

"Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo." (Mt 22.37-40).